30 anos de amor pelas Revistas

Carreteiro de São José dos Campos conta sua história com as publicações

O bolo decorado com Revistas: presente da cunhada para comemorar os 58 anos de Edson

O bolo decorado com Revistas: presente da cunhada para comemorar os 58 anos de Edson (Divulgação/Total Publicações)

A comemoração do aniversário de 58 anos de Edson Donizete, que reside em São José dos Campos, teve um bolo que representa muito bem os últimos 30 anos vividos por ele.

Carreteiro desde 1988, Edson passa para as gerações seguintes de sua família a paixão pelas Revistas: a filha mais velha, Geisa, de 36 anos, auxiliava Edson nas entregas das Revistas e já trabalhou em uma das distribuidoras da Treelog. A filha Adriana, de 30 anos, também já trabalhou com o pai e hoje atua em uma revistaria da cidade, junto com as cunhadas de Edson.

“Meu filho Gabriel, o caçula, hoje me ajuda nas entregas”, conta Edson.  “Na época (que iniciou como carreteiro) eu estava desempregado. Aceitei o emprego, gostei e estou até hoje neste ramo”.  Não é só o filho mais novo que o auxilia nas entregas: sua esposa e alguns sobrinhos também estão na ativa junto com ele!

Em seu aniversário de 58 anos, Edson ganhou da cunhada um bolo decorado com capas de Revistas que representa muito bem a história do carreteiro.

20 anos atrás, Virgínio Junior, gerente da Rede de Distribuidores, conheceu Edson. “É uma pessoa totalmente do bem. Trabalha, se dedica, não mede esforços pra entregar as Revistas no prazo”, relata Junior.
“Eu diria que São José dos Campos hoje tem um fluxo normal de Revistas por que a gente tem uma pessoa apaixonada por este negócio, como é o caso do Edson. Precisávamos ter um dele em cada ponto de distribuição do Brasil”. Virgínio também conta que Edson criou todos os filhos com rendimento de Revistas e agora as filhas também criam os netos dele da mesma forma.

“São muitos anos nesta caminhada. Como carreteiro fiz muitos amigos que hoje fazem parte da minha história. Posso dizer que no meu trabalho é fundamental a parceria e dedicação, faço isso no meu dia a dia e tenho minha família, que é essencial. Somos unidos!”, ressalta Edson, deixando claro o seu imenso carinho pela profissão.

 O carreteiro Edson e seu bolo de Revistas

 O carreteiro Edson e seu bolo de Revistas (Divulgação/Total Publicações)