Os 7 pecados da vitrine

Conheça e fuja deles

Vitrine com 100% das capas expostas e montada de acordo com o público da região (Marketing/Total Publicações)

Boa parte dos jornaleiros sabe que deve ficar atento à exposição de publicações em sua banca. Afinal, uma exposição atenta e bem cuidada aumentam – MUITO –  as chances do clientes se interessar e comprar.

Por isso, aqui vão sete pecados que alguns jornaleiros cometem e atrapalham na hora da visualização dos títulos em vitrines.

1 – Capas sobrepostas
Exponha 100% das capas. Para conseguir essa façanha, mesmo com o tanto de títulos que você recebe, faça rodizio com os títulos que mais vendem na sua região. O importante é não deixar que fiquem sobrepostos.

2 – Uma capa de cada título
Na exposição da vitrine, evite repetir a capa de um título. Isso ajuda a reter melhor a informação por quem está passando na rua.

3 – Publicação “deitadas”
Quando colocadas deitadas na vitrine, elas perdem o impacto visual, pois dificulta a leitura.

4 – Vitrine fechada
Abra sua vitrine! Aproveite esse espaço nobre em sua banca e use para divulgar as melhores revistas que você recebe.

5 – Vitrine com espaço vazio
Sempre mantenha a vitrine cheia. Uma vitrine com espaços vazios pode dar a sensação de que a banca não tem tantas opções de publicações para oferecer ao cliente.

6 – Banners
Nunca exponha banners cobrindo as revistas.

7 – Vidros quebrados
Eles desvalorizam a vitrine e as revistas expostas.

Se você não possui vitrine na banca, as sapateiras plásticas são uma boa solução para expor publicações. Você também pode utilizar o balcão do caixa para expor algumas revistas.